1 / 50
2 / 50
3 / 50
4 / 50
5 / 50
6 / 50
7 / 50
8 / 50
9 / 50
10 / 50
11 / 50
12 / 50
13 / 50
14 / 50
15 / 50
16 / 50
17 / 50
18 / 50
19 / 50
20 / 50
21 / 50
22 / 50
23 / 50
24 / 50
25 / 50
26 / 50
27 / 50
28 / 50
29 / 50
30 / 50
31 / 50
32 / 50
33 / 50
34 / 50
35 / 50
36 / 50
37 / 50
38 / 50
39 / 50
40 / 50
41 / 50
42 / 50
43 / 50
44 / 50
45 / 50
46 / 50
47 / 50
48 / 50
49 / 50
50 / 50

Milton e Dida passeiam na Avenida Ipiranga
 Em 1974, ainda havia Taxi Girls no centro de São Paulo
 No quarto do hotel, Milton ensaia para a câmera...
e cantarola uma música.
Acompanhado por Márcio, Milton visita Frei Paulo César no Convento dos Dominicanos.
Milton conversa com seu amigo Paulo César e Márcio.
Milton brinca com a câmera.
Milton e Paulo César
Milton em uma pausa no ensaio.
Milton ensaia acordes no baixo.
Novelli durante um intervalo do ensaio.
Momentos antes do início do show no Teatro Municipal de São Paulo.
Paulo Moura rege a orquestra.
Sombra da mão do maestro regendo a orquestra.
Começa o espetáculo.
O violoncelista Peter Dauelsberg.
Chegou no porto um canhão...
Vai mais triste o capitão...
Levando cacau e sangue...
Mata, mata...!
Coração americano...
Acordei de um sonho estranho...
Luiz Alves em San Vicente
Estava em San Vicente...
Um sabor de vidro e corte...
Milton em Pablo
Nivaldo Ornelas em Pablo
Milton em Pablo no. 2
Bituca e Leonardo no camarim
Lô Borges
Bituca dá autógrafo para Leonardo.
Káritas com Geraldo Veloso ao fundo.
Josino, pai de Milton, conversa com o filho.
Dona Lília, mãe de Milton, com Márcio e Dida.
Vilma, prima de Milton, e Káritas.
Sérvulo em uma cena do camarim.
D. Lília, Wagner e Káritas.
Milton, Dida, Lô e Márcio.
Milton chega ao Anfiteatro da USP.
Milton se aproxima do palco do show.
No palco, Wagner Tiso conversa com Milton.
Sérvulo observa a chegada de Milton.
Mario Luiz filma Luiz Alves em Super-8.
Milton conversa com o público.
O show pode ser proibido...
mas a plateia é grande e reage.
Wagner Tiso ensaia alguns acordes.
Milton e Toninho Horta se preparam para o início do espetáculo.
Um dia de sol e muito vento.
 Começa o espetáculo.