Ensaios Audiovisuais

 

Arte e Técnica:
Panoramas do século 19,
Leonardo da Vinci, Quadrinhos

Arquitetura e Modernidade:
Antoni Gaudí, Victor Horta
Os Espaços de Exibição:
Dalí, Subterrâneos de Paris,
Louvre, Brancusi

Espanha, afasta de mim este cálice Como um pássaro sem asas... A Arte da Memória: Giulio Camillo, Giordano Bruno

 

Os documentários aqui apresentados podem ser vistos como uma forma de Ensaios Audiovisuais.

Dos grafites dos subterrâneos de Paris à arte moderna de Brancusi e sem esquecer os espaços de ilusão dos panoramas do século 19, a visão antecipadora de Leonardo da Vinci, a magia dos quadrinhos, a arquitetura de Antoni Gaudí e Victor Horta, a imaginação de Salvador Dali e o rico acervo de museus como o Louvre, obtido muitas vezes por meio de guerras e conquistas, estes vídeos procuram incorporar o sentido etimológico de ensaio, forma não acabada.

De outra parte, Como um pássaro sem asas mostra - do começo ao fim - a construção de um hotel onde aqueles que o edificaram provavelmente não vão se hospedar; Espanha, afasta de mim este cálice expõe a destruição do legado árabe em uma sociedade que hoje começa a praticar a cultura da vigilância e A Arte da Memória narra como um dos principais estudiosos desta nova forma de conhecimento foi levado à fogueira pelos inquisidores da Igreja Católica.

Rejeitando a tendência dominante do produto similar em evidência com seu caráter naturalista calcado na sucessão incessante de entrevistas, no enquadramento posado e na montagem de corte acadêmico, buscam privilegiar o plano-sequência, a continuidade dos sentidos do olho e do ouvido, evitando ao mesmo tempo o discurso unidirecional que aponta para um  tom falsamente didático.

Como um equilibrista em um exercício de trapézio, oscilam entre o necessário rigor de   estilo da forma clássica e a persistente sedução do imponderável.

                   Sérvulo Siqueira